Costela de porco na churrasqueira: Veja como fazer assada

Nem sempre temos tempo sobrando para ficar horas preparando carne, e uma alternativa espetacular é a costela de porco na churrasqueira.

Embora seja um corte tradicionalíssimo nos churrascos, muita gente não sabe a “manha” para fazer uma carne suculenta. Tudo começa com a escolha de uma boa peça, que tenha uma proporção impecável entre gordura e carne macia.

Você simplesmente não pode deixar de conferir esta sugestão de preparo. Afinal, montei os passos de uma carne que desmancha na boca. Acompanhe!

Como fazer uma deliciosa costela de porco na churrasqueira?

costela de porco na churrasqueira

A costela de porco tem muitas vantagens, como ser barata, fácil de fazer e combinar com todo acompanhamento para churrasco. Só que uma coisa que quase ninguém considera, é que a costelinha tem potencial para substituir outras carnes.

Isso mesmo, se você acha que somente picanha na churrasqueira promete grandes churrasqueadas, vai se surpreender demais com a costela. Ainda mais depois que conhecer um preparo assado para ninguém pôr defeito, anote os ingredientes:

Ingredientes

  • 1 peça de costela suína de 1,2kg
  • Sal triturado a gosto
  • Pimenta-do-reino a gosto
  • Chimichurri a gosto
  • Páprica picante a gosto
  • Azeite para besuntar e unir os temperos
  • Papel-alumínio suficiente para enrolar

Modo de preparo prático

  1. Coloque a costelinha numa bancada e seque bem com papel-toalha.
  2. Em seguida, tempere ambos os lados com sal, pimenta, chimichurri e páprica.
  3. Agora, espalhe um bom fio de azeite e massageie a carne.
  4. Reserve entre 15 e 20 minutos para penetrar os sabores.
  5. Feito isso, leve à grelha da churrasqueira em braseiro forte.
  6. Nessa etapa, você vai selar os dois lados da costelinha.
  7. O tempo médio é 2 minutos para cada lado ou até dourar bem.
  8. Antes de retirar da churrasqueira, abra 3 folhas grandes de papel-alumínio e empilhe uma sobre o outra.
  9. Depois, posicione a carne no centro do alumínio e enrole apertado.
  10. Para finalizar, volte à churrasqueira em braseiro forte por cerca de 1 hora.
  11. É fundamental virar a carne na metade do tempo para assar uniformemente.
  12. Ao término do cozimento, retire do alumínio, reserve alguns minutos e aprecie sem moderação.

Afinal, costela de porco na churrasqueira quanto tempo leva?

Depende bastante do método de cozimento, dos temperos, da marinada para carne de porco e, sobretudo, do tamanho da peça. Por exemplo, no preparo dessa receita, faz muita diferença assar uma costela de 1,6kg ao invés de 1,2kg.

Com isso, levou em média 90 minutos entre temperar, selar e assar. Entretanto, pode contar pelo menos mais uns 20 a 30 minutos para uma costelinha maior.

Qual o segredo para os temperos penetrarem na costela de porco?

O resultado desse preparo acima, é uma carne que solta do osso, extremamente suculenta e com sabor do verdadeiro churrasco. Contudo, caso você queira aprimorar, pode colocar vegetais e legumes sobre a carne.

Os únicos ingredientes que não recomendo, são aqueles que liberam bastante líquidos, como cebola e tomate. Mas você pode colocar pimentões, cenoura e batata pré-cozida, enfim, tudo que quiser e preferir.

Dito isso, é hora de falar de um cuidado especial com a costela de porco antes de temperar. Você já chegou a fazer costela com molho barbecue, onde o molho ficou saboroso, mas a carne insossa?

Se isso aconteceu com você, é normal, provavelmente você esqueceu de retirar a membrana que cobre os ossos da costela. Essa membrana atrapalha a carne absorver os temperos pela parte do osso, ou seja, fica realmente sem tempero. Para retirar é fácil:

  1. Vire a carne com os ossos para cima.
  2. Utilize papel-toalha ou pano multiuso descartável.
  3. Localize uma das pontas e puxe com a ajuda do papel.
  4. O bom de tirar essa membrana, é que ela sai inteira.
  5. Então, basta puxar lentamente até tirar tudo.

Além de impedir que os temperos agreguem sabor à carne, a membrana queima com facilidade. E isso dá um certo amargor à carne!

DICA EXTRA: experimente marinar costela de porco neste mix de temperos

Falar de costela de porco é sinônimo de marinar carne, concorda?

E não é para menos, pois quando fazemos costela de porco assada no forno com papel-alumínio, não há tempero melhor. Por outro lado, na churrasqueira você pode ou não marinar.

Na receita de hoje você viu que mostrei uma opção breve de temperagem, não é mesmo? Em contrapartida, também entendo que tem pessoas que amam uma boa combinação de ingredientes, esse é o seu caso?

Se for, pode ser interessante conferir a sugestão de tempero para marinada especial abaixo. Afinal, serve para costela, mas também para lombo suíno na churrasqueira.

Ingredientes do tempero completo para marinada

  • 350ml de suco de maçã concentrado
  • 500ml de vinagre de maçã
  • ½ tablete de manteiga (100g) derretida
  • 1 colher (sopa) de pimenta-do-reino
  • 1 colher (sopa) de páprica picante
  • ½ limão siciliano fatiado
  • 80g de sal fino
  • 100g de açúcar
  • 10 colheres (sopa) de molho de pimenta (a pimenta Sriracha é ideal)

“Nossa, quanto ingrediente, deve ser complicado fazer essa marinada”. E se eu te falar que você só precisa misturar tudo e está pronto, você acredita? Sempre que escolho as receitas para você, penso primeiro: “eu teria dificuldade em fazer?”.

A partir disso escolho somente aquelas que as pessoas podem reproduzir com facilidade e a qualquer momento. Por falar nisso, o rendimento aqui é de mais ou menos 1lt de marinada. Além do mais, recomendo deixar a costelinha marinando por 12 horas!

Como usar plástico para assar carne e fazer costela suína que desmancha?

Embora seja considerada uma técnica de cocção, posso dizer que é mais uma receita para você guardar com todo carinho. Isso porque a ideia é temperar uma costela de 1,1kg com ingredientes como:

  • 300ml de água
  • 50ml de vinagre de maçã
  • 1 colher (sopa) de sal triturado (colher rasa)

Além disso, serão necessárias 3 folhas de celofane grandes e 2 tiras de celofane para amarrar as pontas. Se prepare, porque agora você vai aprender a utilizar plástico para assar carne.

Por conseguinte, misture os ingredientes numa tigela e reserve. Embrulhe a carne no centro do celofane e amarre bem mesmo uma das pontas. Em seguida, acrescente a “salmoura” dentro do “bombom” e amarre o outro lado.

Feito isso, leve a costela embrulhada à churrasqueira em fogo brando por 40 minutos, virando na metade do tempo. Por fim, retire a carne da embalagem, pincele molho barbecue e volte a grelhar por mais 15 minutos.

O truque é virar a cada 4 minutos, servindo uma carne que parece mentira, de tão macia e suculenta. Não acredita que fica tão saborosa? Então você precisa acompanhar o vídeo a seguir:

Costela de porco na churrasqueira é o melhor preparo de carne suína

Na minha opinião, você pode fazer qualquer corte do porco na churrasqueira, do pernil ao lombo, mas costelinha é especial. E mesmo que muita gente fale: “mas quase não tem carne, é só osso, isso e aquilo”, eu ainda fico com esse corte.

No final das contas, sua suculência e sabor devido ao tempero especial, oferecem o que há de melhor na churrasqueada. Logo, se você já não aguenta mais fazer almoço de domingo com frango, aqui está uma ideia barata e promissora.

Espero muito que tenha gostado das minhas dicas, que cada uma consiga levar mais qualidade aos seus assados na churrasqueira. E já sabe, compartilhe nas redes sociais para ajudar os amigos que sempre torram e deixam a costela sem sabor. Até a próxima!